_______________________________________________________

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

O CORPO de LUZ









                                          




CORPO de LUZ - Veículo de expressão do ser em níveis supramentais. Tem o nível espiritual como base de sua polarização. O corpo de luz está para a mônada assim como o corpo mental está para a alma. Vai sendo formado à proporção que o relacionamento entre mônada, alma e eu consciente se fortalece. É, por excelência, instrumento de energia crística. A construção dessa veste interior tem início quando a consciência se ergue além da mente racional e, uma vez começada, propicia alinhamento entre os diversos núcleos do ser. A princípio esse alinhamento apresenta distorções, mas à medida que a consciência externa amplia sua receptividade às irradiações espirituais, ele se verticaliza, se expande e o ser torna-se canal de correntes cósmicas. Quando o corpo de luz está formado e a consciência pode nele polarizar-se, diz-se ter havido o nascimento da personalidade espiritual (composta pela tríade: personalidade integrada, alma e corpo de luz). A vibração emanada desse corpo possibilita ao ser colaborar efetivamente na reconstrução do planeta, pois origina-se da energia do amor-sabedoria, sem a qual pouco poderia salvar do que hoje há densificado na órbita da Terra. É por meio do corpo de luz que certas linhas da evolução dévica, em especial a angélica, contatam o homem. Enquanto o relacionamento do ser com Entidades excelsas denominadas Espíritos da Criação se dá pela mônada desperta, o relacionamento com Arcanjos e Serafins dá-se pelo corpo de luz. Tais seres habitam níveis superiores ao espiritual; todavia, encontram no corpo de luz o núcleo adequado para polarizar sua energia ao tocar a consciência interna do homem.”    (Dolivro “Glossário Esotérico”,  Trigueirinho, Ed. Pensamento, 1994, págs 95 e 96)







VIDA ESPIRITUAL, CORPO de LUZ e 5ª DIMENSÃO
(TRIGUEIRINHO)








“Dentre as experiências que se desencadeiam decorrentes da ati­vação do Corpo de Luz, que possui doze etapas pré-definidas, a trans­cendência do espaço-tempo usual da Terra se destaca. Através de uma respiração consciente, de uma mente centrada e atenta, um ser huma­no consciente do seu Corpo de Luz pode perceber claramente as vias de acessos atemporais e transitar por elas, de acordo com os seus po­tenciais. Espaços-tempos cósmicos não planetários ficam acessíveis à consciência humana através do Corpo de Luz, preparando-o também para acolher energias cósmicas de alta potência, somente possível atra­vés deste tecido imaterial, também conhecido como consciência-luz ou consciência-nave.” (Do livro “VIA CORAÇÃO, caminhos da transformação”, pág 94, Horácio Netho,Ed. Alfabeto, 2011)            









“O aspecto central da visão do Buda é o reconhecimento do aspecto luminoso da realidade, mas não só esse reconhecimento como também a liberdade natural que esse reconhecimento propicia a nível de ação.”      (Lama Padma Samten)











“Sob o domínio do jogo kármico, a estrutura dos sete chakras do corpo foi deliberadamen­te restrita para que eles pudessem apenas conduzir energia do plano astral. Eles foram 'bloqueados'. Com essa estrutura limitada, o chakra assumiu a aparência de dois cones. Um dos cones abre-se para a frente do corpo e o outro abre-se para trás. No lugar em que suas pontas se tocam no centro do corpo, ele é 'bloqueado' para que permaneça desta forma. Essa parte central mais estreita tende a ser obstruída por 'entulhos' mentais e emocionais, que fazem com que os cones girem mais lentamente ou parem totalmente de girar. Isso faz com que os sistemas dos meridianos fique desprovido de energia, podendo causar doença ou morte. Essa estrutura dos chakras pode fazer com que a energia circule apenas da frente para trás e de trás para a frente, sem conseguir captar as freqüências das dimensões superiores. Quando o processo do Corpo de Luz é ativado, os 'bloqueios' nos pontos centrais são eli­minados. A estrutura do chakra abre-se gradativamente a partir do centro até ele se tornar esférico. Isso faz com que o chakra irradie energia em todas as direções e comece a transmitir frequências das dimensões superiores. O corpo libera o material kármico acumulado e a forma esférica impede que ele volte a se acumular. As esferas continuam aumentando de tamanho até que todos os chakras se fundam em um único campo energético. Cada um dos chakras superiores (os chakras que estão fora do corpo) tem um padrão diferente de estrutu­ra geométrica, que é apropriada para transmitir as frequências específicas da dimensão ou Mente Suprema associada ao chakra. O oitavo e o décimo primeiro chakras contêm também vasos cristalinos de formato achatado, pelos quais passam as linhas axiotonais galácticas. Esses vasos são usados pela Mente Suprema para modular as influências astrais sobre o corpo físico da pessoa quando seus meridianos axiotonais forem reconectados. A Mente Suprema calibra novamente as linhas axiotonais e o sistema circulatório axial através do oitavo chakra. Por isso, esse chakra atua como 'chave de controle' durante a mutação dos sistemas do corpo e a fusão dos corpos energéticos. Até recentemente, os chakras Alfa e Ômega estiveram atrofiados no corpo humano. Mes­mo sendo centros energéticos, os chakras Alfa e Ômega têm características e funções totalmente diferentes das dos outros chakras. Eles são reguladores altamente sensíveis das ondas elétricas, magnéticas e gravitacionais, e também servem de âncora para a qua­lidade etérica da sétima dimensão. O chakra Alfa situa-se de quinze a vinte centímetros acima e cinco centímetros à frente do centro da cabeça. Ele liga a pessoa ao Corpo de Luz imortal na quinta dimensão. O chakra Ômega encontra-se cerca de vinte centímetros abaixo da parte inferior da coluna e liga a pessoa ao planeta como um holograma, bem como com toda a rede holográfica de encarnações. Diferentemente da matriz kármica de quatro dimensões, esse é um tipo de ligação inteiramente não kármico.”(Do livro “O que é Corpo de Luz?”, Mensagem do Arcanjo Ariel por Tashira Tachi-ren, Ed. Pensamento, 1990)


                                                           

                 







Jasmunheen - Luz do EU Superior

                                                                                 





“Os ignorantes não conseguem admitir que haja uma luz escondida no escuro. Os inteligentes nela acreditam. Mas só os sábios se tornaram a própria luz.”     (Prof. Hermógenes)










“A escuridão não é uma força que obriga a viver com mais ruindade ou com mais ódio. Não é uma força que se opõe à luz. É ausência da luz. Não é possível invadir a luz com a escuridão, porque não é assim que o principio da luz funciona. O medo, o drama, a injustiça, o ódio, a infelicidade só existem em estados de penumbra, porque não podemos ver o contexto total da nossa vida. A única forma de ver a partir da luz é por meio da fé. Assim que aumentamos a nossa freqüência vibracional (estado de consciência), podemos olhar para a escuridão e entender plenamente o que vivemos. A sociedade está mais iluminada. Isto é o que está acontecendo. E isto faz com que muitas pessoas que lêem estas afirmações as considerem loucura. Percebeu que hoje em dia as mentiras e ilusões são percebidas cada vez mais rapidamente? Bom, também está mais rápido alcançar o entendimento de Deus e compreender a forma como a vida se organiza. A nova vibração do planeta tem tornado as pessoas nervosas, depressivas e doentes. Isto porque, para poder receber mais luz, as pessoas precisam mudar física e mentalmente. Devem organizar seus quartos de despejo, porque sua consciência cada dia receberá mais luz."   (Sathya Sai Baba)












“Sob o ponto de vista não somente da ‘Ciência Espiritual’, mas também da ciência quântica contemporânea, todas as experiências de vidas detectadas e observadas subatomicamente são partes integrantes de uma grande ‘Rede Holográfica’, inclusive o próprio ser humano. Ou seja, as realidades que vivenciamos já estão sendo observadas pela ciência acadêmica como projeções de uma ‘Rede de Espelhos’, que refletem emissões de raios de luz. A assunção desta realidade por parte de nossos cientistas terrestres vem a confirmar as ‘Instruções Espirituais’ que sempre nos encaminharam para esta verdade. Talvez, com um pouco mais de abertura, flexibilidade e pesquisa, algum dia, os cientistas acadêmicos da Terra possam unir as suas experiências com as dos ‘Iniciados Místicos’, que sabem por vias internas diretas que todos nós somos projeções dos espelhos cósmicos celestes, que incluem os planetas, sóis, estrelas, galáxias, universos e o próprio ser humano. Aqui na Terra, e dentro do projeto evolutivo proposto para a evolução do Reino Humano, há um momento específico de expansão da consciência humana onde o ser se integra conscientemente à ‘Rede de Holograma da Vida’. Este evento é perfeitamente coordenado pelas iniciativas e respostas que o ser humano dá aos seus chamados internos e que vão se manifestando em sua vida externa, num sistema de provação de experiências que vão desenvolvendo uma maestria sobre a vida como um todo. Ainda dentro da linearidade das chamadas ‘Grandes Iniciações’, este evento corresponde à quinta iniciação que traz o despertar do ‘Corpo de Luz’. Esta iluminação é uma experiência mística decorrente do comportamento humano dirigido ao serviço altruísta e às práticas disciplinares de autoaperfeiçoamento. Ocorrendo num processo de entrega sincera de atividades em benefício dos outros, a iluminação é vivida pela consciência pessoal individual do ser humano, mas é estabelecida através das experiências oferecidas aos benefícios indiscriminados para os outros. Portanto, as condições para a iluminação são criadas nas relações desinteressadas de fortalecimento da vida holística, de forma inclusiva, onde a bondade dual ainda se faz necessária. É através da sua relação de serviço aos outros que um ser humano vai despertando a luz na sua consciência. A iluminação é um processo que torna a vida literalmente mais lúcida, mais dinâmica e versátil. Porém, para que um ser humano alcance este estado de consciência, antes ele já deve ter incorporado uma série de disciplinas necessárias para que as suas estruturas corporais suportem a alta energia que vem através deste ‘Corpo de Luz’. Por ser constituído de elementos celestiais, a voltagem elétrica desta consciência não pode ancorar em um ser humano desarmonizado, que possua corpos físico, emocional e mental instáveis. Assim como a aproximação de uma luz muito forte pode nos cegar a vista quando estamos despreparados, em analogia, um ser humano despreparado em disciplinas espirituais não tem como suportar a energia de um ‘Corpo de Luz’. Um dos objetivos das ‘Instruções Espirituais’ difundidas, atemporalmente, pela História da Terra sempre foi o de disciplinar e preparar os níveis mais altos das almas humanas para um contato consciente com estas energias. A iluminação transforma profundamente a vida de uma pessoa, transcendendo a sua experiência limitadamente terrestre para os alcances das vias celestes diretamente, pois é através do ‘Corpo de Luz’ que inúmeros seres cósmicos iniciam os seus contatos conscientes com as almas humanas da Terra. Porém, devemos ter em conta que um ser já iluminado tende a se sentir mais atraído pelas experiências celestiais do que pelas próprias experiências deste nosso mundo externo. Pois realmente, estas experiências místicas passam a ser muito mais realizadoras que qualquer outra vivida anteriormente. Desta forma, paulatinamente, esta alma vai assumindo aquela sabedoria de ‘estar no mundo, mas sem ser do mundo’. Somente que estamos em outros tempos e o Cosmos está ofertando uma ascensão de consciência coletiva ao Reino Humano da Terra, neste momento de transição universal. Muitos seres integrantes da humanidade da Terra estão capacitados para despertarem os seus ‘Corpos de Luz’ e adentrarem conscientemente as experiências da quinta dimensão que está sendo ancorada no planeta. Muitos espíritos nobres que atualmente estão materializados em corpos humanos, na face da Terra, se prepararam por centenas de encarnações para experimentarem este momento mágico e tão esperado para a vida neste planeta. Todos estes estão pré-dispostos para a iluminação e alguns outros podem ir mais além, chegando mesmo a se autorrealizarem completamente como humanos na Terra, finalizando as suas experiências com o código genético DNA para este reino. Cabe a cada alma humana presente na Terra se aprofundar em sua própria experiência, para conectar a sua consciência com os outros seres e assim fortalecer a sabedoria multidimensional interligada que nos une com a Fonte. A rede de luz do ‘Grande Holograma’ para a Terra está se fortalecendo como nunca antes. A iluminação de um ser humano se confirma e se fortalece com a presença de um outro ser iluminado, e assim a rede vai se expandindo.” (Do livro “COMANDO ESTRELINHA, Temas Transcendentais”, págs 78 a 81, Horácio Netho, Ed. Alfabeto, 2012)








“Aos que cruzam os portais dos grupos internos é dito: 
- caminhaste na luz; ora em diante, devereis ser a luz.”      
                                                                                             













“Ao aspirar e tentar compreender a iluminação, a mente do homem comum tende a seguir uma linha racional que busca explicações e entendimentos externos palpáveis. Desta forma, surgirão muito mais questões que respostas. A manifestação da iluminação é um evento paradoxal e transcendente, manifestando-se para além do alcance da mente comum e linear, encontrando-se em uma dimensão acima. É intocável e misteriosa para a vida mundana. Encontra-se em estado latente dentro do próprio inconsciente humano, ainda não desperto. O silêncio, a devoção, a investigação humilde, o desapego mental, a purificação, a entrega e o despojamento são bases essenciais para um homem comum se aproximar e poder acessar o sentido da iluminação. Antes disso, a ignorância permanece [...] Quanto mais silenciosa e oculta é a ação de um ser mais poderosa e forte é a sua luz. O silêncio é um vetor inerente da presença mais poderosa do amor sabedoria que vem de Deus [...] Quando um ser humano portador de grande luz entra em contato com o campo energético de um ser humano comum, duas situações podem ocorrer. Primeira: o ser iluminado redimensiona a sua luz conscientemente, a reduz e a adapta para as condições de contato adequadas à compreensão do outro. Segunda: o ser iluminado mantém o nível mais alto de luz suportável pelo outro, infringindo-o algum tipo de sofrimento transformador. Entenda-se luz por conhecimento e sabedoria [...] As ações manifestadas por um ser humano conduzidas exclusivamente pelo seu ego apresentam um determinado ritmo dentro das relações espaços-temporais. Iluminado pela alma, este mesmo ser apresenta uma outra relação espaço-temporal no ritmo das suas manifestações externas, mais ordenada e harmônica. Da mesma forma, ao elevar a sua consciência ao plano divino, este mesmo ser refinará ainda mais a sua coordenação de ações e o seu ritmo será mais sincrônico e harmônico para a vida universal. Há situações em que se pode perceber claramente estas relações. A forma como um ser humano organiza e posiciona as suas palavras nos pensamentos e nas falas, a forma como ele organiza o seu lar e o seu aposento de descanso, assim como a forma como ele conduz e coordena o seu corpo físico em atividades gerais são parâmetros simbólicos que muito indicam sobre a qualidade da consciência deste ser [...] Uma mente humana bem desenvolvida possui inúmeros recursos de autocontrole. Equilibra-se com agilidade, adapta-se com flexibilidade, é compreensível e desapegada às crenças. Conduz coordenadamente o seu corpo físico. É como o bambu, firme quando precisa e flexível quando necessário. É porto seguro para a luz da vida superior [...] Quando muitos gostam verdadeira e espontaneamente de estar ao seu lado, se sentem bem ao ficar sob a sua aura, estão sempre aguardando uma palavra sua e sentem pela a sua ausência, mesmo que não desejes isto... És um portador de grande luz [...] Quando a luz vier, o ser a reconhecerá. Paz. Entrega e acolhimento, nada mais...” (Do livro “VIA TERRA, caminhos da luz”, Horácio Netho)











“Quem é iluminado por dentro parece escuro aos olhos do mundo. Quem progride interiormente parece ser um retrógrado. Quem é autorrealizado parece um homem imprestável. Quem segue a luz interna parece uma negação para o mundo. Quem se conserva puro parece bobo e simplório. Quem é paciente e tolerante parece um sujeito sem caráter. Quem vive de acordo com seu EU espiritual passa por um homem enigmático.” (Poema 41 do “Tao Te Ching”, autor: Lao Tsé)







GEOMETRIA SAGRADA 
 CORPOS MULTIDIMENSIONAIS
(ELSA FARRUS)









“Os Comandos estão enviando poder extra para aqueles cujas vibrações podem manejar estas elevadas frequências. Estamos agora impulsionando-os para a sua máxima capacidade. Os tremores corporais que atualmente experimentam é um aspecto incidental dessa frequência acelerada. Encontramo-nos alertas e preparados para uma precipitação maciça de forças sobre a Terra, que acentuarão todas as frequências de Luz no planeta. Um tremendo fornecimento de Luz irradiada efetua-se atualmente, com a finalidade de acelerar os Corpos de Luz daqueles que podem captá-la.  Essa ação tende a ser preparatória para o que há de vir posteriormente. Há uma grande urgência espiritual para a interação de todas as almas de Luz. Intentamos, através dessas elevadas frequências, atrair os trabalhadores da Luz para uma aproximação mais estreita entre si, nos sentimentos e propósitos. O objetivo da cadeia de transmissão tem-se cumprido com êxito. Estamos tentando criar uma Cadeia de Transmissão dos Seres de luz encarnados que, conscientemente, se incorporaram e cooperaram para os propósitos a serem cumpridos num futuro bem próximo [...] O magnetismo na aura é um campo de força. O coração é o átomo central ao redor do qual gravitam os nêutrons, as células e os elétrons. O sangue sai do coração, circula e volta a ele, proporcionando ao corpo físico  energia que o faz circular como um marco de força. Essa força mantém-se em uma forma ovóide que vocês chamam campo áurico. Em realidade é mais que isso: essa energia magnética atrai outras frequências magnéticas da mesma natureza. No caso do campo ser de frequência muito alta, desaparece a cor e converte-se em luz branca. Quando o campo magnético que rodeia o ser humano é luz branca, dizemos que transmutou de sua forma física densa a um corpo de luz. O corpo de luz é que permite o contato e exposição ao nosso campo magnético. Portanto, vocês não sofrerão qualquer tipo de moléstia em nossa presença. A frequência do campo energético de luz tende a elevar-se constantemente. O constante contato com nossas frequências ajuda grandemente a acelerar as suas.”  (Mensagens Cósmicas de Andrômeda Rex e Ashtar, Canal: Ergom)







(Extraído do livro “Glossário Esotérico”, pág. 81, Trigueirinho,Ed. Pensamento, 1994)





“Cada pensamento humano gera um impulso vibracional e energético que possui um valor luminoso, que fica registrado ao redor do nosso corpo físico, o que os sensitivos identificam como corpo áurico, que tem relação com o nosso duplo etérico. Assim, a propagação de luz no nosso corpo é proporcional ao padrão dos nossos pensamentos e sentimentos.” (Extraído da Apostila: “UM CURSO de CURA ESTELAR”, pág 15, Autor: Rodrigo Romo, 2003)












Consciência-Luz
O Despertar da Consciência-Luz
Do Corpo Físico ao Corpo de Luz
(http://www.irdin.org.br/acervo/detalhes/5879)



terça-feira, 17 de janeiro de 2017

AS MAGIAS do AMOR






“Dai-me um povo que acredita no amor e vereis a felicidade sobre a Terra.”     (Gandhi)





“Atualmente, a experiência e a sabedoria dos grandes sábios, que revelaram o mistério do Cosmos e seus sentimentos de amor universal não são apreciados, aceitos e respeitados. Todos os dogmas religiosos, com algumas poucas exceções, podem ser facilmente harmonizados e reconciliados. Em cada época, para cada raça, Deus enviou profetas para estabelecer paz e boa vontade. Há uma necessidade urgente de harmonia.”  (Sathya Sai Baba) 






“Os esquimós têm 52 palavras para designar a neve porque ela é muito importante para eles. Deveria haver outras tantas para o amor.”   (Margaret Atwood)










“Observando o comportamento geral da humanidade, detectamos aqueles que sentem dificuldades em reconhecer as magias do amor, mas também conseguimos destacar aqueles seres que vivem ou viveram uma vida superior com sabedoria, onde o amor em um nível elevado se faz presente. Mestres como Jesus, Yogananda, Sathya Sai Baba, Gautama e tantos outros nos deixaram exemplos de uma vida verdadeiramente amorosa. Porém, os poucos exemplos de seres majestosos como estes que tivemos, nos deixaram não somente as suas mensagens e testemunhos do amor, mas também um vasto acervo dos mistérios que os acompanhavam em suas jornadas pela Terra. Como um planeta situado em um quadrante cósmico regido pela energia predominante do segundo raio de Amor Sabedoria, inerente a todas as manifestações ou eventos que por aqui acontecem, o amor é a energia mister que conduz todas estas nossas experiências. Desta forma, desde o simples cantar de um pássaro, passando pela descoberta ou um invento que revolucione as nossas vidas, ou o reconhecimento da necessidade das chuvas e tempestades, por exemplo, e até mesmo os milagres misteriosos que nos são oferecidos pelos grandes mestres, tudo isto pode ser considerado como ‘produtos’ do segundo raio de Amor Sabedoria que rege as nossas experiências por este nosso lar planetário [...] Quando estamos realmente diante de um Grande Sábio e ‘Mago do Amor’ para a Terra, estamos também diante de algumas características materializadas ali naquele ser. Reconhecendo estas características em um outro ser, um aspirante ou iniciado espiritual pode em muito se beneficiar em sua caminhada evolutiva acolhendo a luz irradiada por este ser, se pré-dispondo às orientações e aos exemplos de vida manifestados por ele.” (Do livro “COMANDO ESTRELINHA, Temas Transcendentais”, págs 115 e 117, Horácio Netho, Ed. Alfabeto, 2012)
  







CARACTERÍSTICAS de um ‘MAGO SUPERIOR’

- Mente Cósmica desperta;
- Manifesta Virtudes e Disciplinas elevadas
    (Compaixão, Simplicidade, Desapego, Altruísmo, etc.);
- Vive em Unidade Harmônica c\ os Reinos paralelos;
- Manifesta Conhecimento, Sabedoria e Abundância;
- Autoconsciência Imortal e Atemporal;
- Mestre em Amor Sabedoria p\ a Terra;
- Vida entregue ao ‘Senhor’;
- Irradia a sua conexão cósmica p\ a Terra;
- Vive a Consciência Coletiva da Hierarquia;
- Autorrealizado p\ o DNA, liberto de ‘Samsara’.










“Magia tem uma conotação de energia de sétimo raio, de energia positiva, evolutiva, Hierárquica de sétimo raio aqui no planeta. É a ciência que permite a nossa comunicação com o sobrenatural [...] Existe um raio cósmico representado neste planeta por Saint. Germain, que hoje é ANTUAK, que é um raio que inclui a magia. Só que a magia é uma ciência sagrada e nós só conhecemos essa magia inferior que se usa aqui na Terra, normalmente [...] Os próprios mestres de sétimo raio, quando estiveram encarnados na Terra, eram magos e procuraram organizar leis. Procuraram, quando era o caso, ensinar essas leis ou aplicá-las em muitas situações mundiais. Mas para ser um ser que usa esses processos e que usa essas leis, ele tem que ter já um poder bem estabelecido sobre as suas próprias forças mentais. Uma mente descontrolada nunca pode ser um mago [...] Magia é coisa que a gente não aconselha ninguém a fazer. Se ela tem o sétimo raio ou se o sétimo raio a prepara, isto é diferente. Aí, nos planos internos e não aqui, ela tem um instrutor, um supervisor, ela tem a proteção da Hierarquia. Fala-se assim porque, em certas situações mundiais que existem hoje, é muito necessária a magia, mas a magia interna da Hierarquia que é sempre positiva. E nós para colaborarmos com isto precisamos ser muito bem preparados para não nos envolvermos com essa magia inferior que campeia, aqui na Terra [...] É preciso que a gente, a todo momento, nesse campo mágico da realização da mente cósmica em todos os planos e em todos os níveis, nós estejamos sempre buscando a melhor expressão. A nossa melhor expressão é a expressão do nosso espírito, é a expressão da nossa mônada.”    (Trigueirinho)











“O poder oculto não deve ser buscado,
 até que o autodomínio não esteja estabelecido”    
(Paul Brunton)








domingo, 15 de janeiro de 2017

ATENÇÃO DESPERTA








“O egoísmo cresce em força somente quando sua atenção é focalizada no corpo e em suas necessidades. Quando, em vez disso, você dirige sua atenção ao ser interior, que é Deus, você percebe o mesmo Deus presente em todos e um fluxo de reverência o preenche e santifica cada ato seu [...] Venho dizendo em mensagens anteriores que cada um escolhe onde colocar a sua atenção. Só vê a escuridão aqueles que estão focados no drama, na dor e na injustiça. Aquele que não consegue ver o avanço espiritual da humanidade, não tem colocado a sua atenção nesse aspecto. Porém se liberar sua mente do negativo, abrirá um espaço onde sua essência divina pode manifestar-se, e isto certamente trará o foco para o que ocorre de fato neste momento com o planeta e a humanidade. Estamos elevando a nossa consciência como jamais o fizemos. (Sathya Sai Baba)











“De grande mistério são os meios como um Conselho Cósmico se faz consciente para uma mente divina desperta. Através de sinais que se manifestam desde os níveis mais densos da matéria terrestre até os mais sutis das energias celestes, os Conselhos Cósmicos vão refinando as consciências de seus contatados estimulando a prática da ‘Atenção Plena’ como base fundamental para se fazerem percebidos. Usufruem de todos os elementos existenciais disponíveis na experiência do planeta, em qualquer Reino e em qualquer situação acima da dualidade. Desta forma, cores, animais, números, nomes, formas geométricas, movimentos, astros, etc... tudo realmente pode ser usufruído de uma forma atemporal e surpreendentemente mágica para uma mensagem que estes conselhos necessitem nos enviar. É através do desenvolvimento da atenção que as sinapses cerebrais vão se fortalecendo eletricamente e se iluminando. A atenção fortalece o desenvolvimento de todos os sentidos (olfato, gustação, visão, audição, tato, etc.) que devem ser aperfeiçoados para a consciência do corpo holístico humano. Somente com os sentidos externos bem desenvolvidos e apurados que um ser humano pode perceber a existência das dimensões mais sutis, através do despertar dos sentidos internos que os conecta com as suas realidades paralelas. Esta interconexão de sentidos, externos e internos, une a vida dos céus com a Terra através da atenção plena. Os Conselhos Cósmicos agem sempre no propósito de direcionar e ajustar a ‘Senda Espiritual’ mais adequada para o seu contatado, orientando-o de acordo com o seu acervo de experiências pretéritas e futuras, pois agem além dos espaços-tempos usuais para a Terra. E para cumprir este propósito, a presença de um Conselho Cósmico na vida de um ser humano pode ser reconhecida através do simples desenvolvimento de uma planta, num diálogo atento entre os homens, na manifestação de um evento sincrônico com os animais, numa mensagem simbólica de um número, enfim, por qualquer movimento que a vida possa oferecer em seu palco teatral das brincadeiras da Fonte.”   (Do livro “COMANDO ESTRELINHA, Temas Transcendentais”, págs 168 e 169, Horácio Netho, Ed. Alfabeto,2012)
 








“É bom que a gente saiba que a pessoa desatenta, aquele que não consegue ficar atento, aquele que é pouco observador do que se passa em si, ele não consegue conscientemente acompanhar o desenvolvimento da alma. A cada dia que se passa, está nos sendo exigido mais atenção, porque uma desatenção, uma distração numa época normal pode significar relativamente pouco. Mas uma distração por menor que seja, numa época como esta onde coisas estão acontecendo velozmente, pode determinar muitas coisas que nós realmente não estamos conscientizando. De forma que a atenção é algo realmente para ser trabalhado.”     (Trigueirinho)











“De acordo com a psicologia budista, a atenção tem a característica de universalidade, o que significa que estamos sempre dando atenção a algo. Nossa atenção pode ser ‘adequada’, ou seja, estamos inteiramente no momento presente ou pode ser ‘inadequada’, o que ocorre quando estamos atentos a lago que nos afasta do aqui e agora [...] A atenção plena correta tudo aceita, sem julgar nem reagir. É inclusiva e amorosa. Sua prática consiste em buscar formas para conseguir manter a atenção adequada durante todo o dia [...] Se nossa atenção plena for capaz de acolher com carinho a alegria, a tristeza, e todas as nossas formações mentais, acabaremos enxergando, mais cedo ou mais tarde, suas raízes profundas. Cada passo e cada respiração realizados conscientes nos ajudam a enxergar as raízes das formações mentais. A atenção plena verte sua luz sobre as formações e nos ajuda a transformá-las [...] A atenção plena quer dizer atenção ao corpo, às sensações, às percepções, às formações mentais e a todas as sementes que existem na consciência. Os quatro estabelecimentos da atenção plena contêm tudo o que existe no universo. O universo inteiro é objeto de nossa percepção, e como tal não existe apenas fora de nós, mas também dentro de nós [...] A atenção plena é a energia que coloca os olhos de Buda em nossas mãos. Com atenção plena, podemos mudar o mundo e trazer felicidade para muitos. Isto não é uma ideia abstrata. É possível a cada um de nós gerar a energia da atenção plena em todos os momentos da vida cotidiana.”  (Do livro “A Essência dos Ensinamentos de Buda”,  Thich Nhat Hanh, Ed. Rocco, 2001)



 






“Sê consciente de todos os teus atos, de todos seus sonhos e pensamentos. O caminho espiritual exige uma atenção aguda, total. É um jogo de destreza que exige que fiquemos despertos no mais fundo de nós mesmos." (Wagner Frota – www.xamanismo.com)









“É da natureza da mente humana comum tagarelar, desviar constantemente o foco de sua atenção e estabelecer condicionamentos. É de sua natureza, também, a tendência a assumir a liderança do ego e o controle sobre as verdades com as quais se identifica. Da mesma forma, uma mente comum tende a penetrar invasivamente e sem humildade os espaços externos e ambientes nos quais o ser se encontra, agredindo por vezes sutilmente estes lugares. É necessário a meditação para que se consiga desenvolver uma maior retidão mental e um comportamento mais equilibrado e amoroso da mente [...] Aquele que intenciona evoluir e servir a vida deve manter a sua mente alerta à proliferação dos valores inversos às virtudes. É comum estar ludibriado com os valores do atraso sem se perceber. A atenção deve ser redobrada nestes dias tão enganosos para a humanidade da Terra [...] São os votos silenciosos e ocultos que o homem faz consigo e para com a vida que o encaminham para o seu propósito. O homem precisa estar atento às suas intenções últimas, em todas as suas condutas perante a existência. Deus ouve todas as falas e todos os pensamentos de seus filhos. Não há uma intenção sequer que se passe desapercebida pela consciência de Deus [...] Ao decidir seguir um mestre espiritual, o discípulo deve ter três comportamentos. Primeiro: prestar bastante atenção no que é repassado pelo mestre através de suas palavras e ações. Segundo: adaptar os ensinamentos, modificando-os para o seu contexto e a sua realidade. Terceiro: buscar transcender o próprio mestre, indo além de onde ele se encontra [...] Independente da nossa participação coletiva em qualquer aglomerado grupal, é sábio estarmos atentos às nossas expressões individuais. Devemos reservar momentos de contatos íntimos com a nossa voz interna, a qual será sempre a nossa guia mestra do propósito maior [...] Dimensões superiores só podem se tornar acessíveis, quando o ser humano consegue focar a sua atenção essencialmente no tempo presente. Qualquer crença consciente que desloque a atenção para o passado ou para o futuro impede que a consciência penetre a sutilidade da quinta dimensão acima. Desta forma, para se transcender passado e futuro, o ser humano deve estar o máximo atento da sua presença no agora. É nesta consciência do espaço-tempo do agora que verdades se expõem, as dimensões superiores se sustentam e possibilitam a transição pelos portais da atemporalidade [...] O chamado ainda ecoa nos quatro cantos da Terra, indiferentemente, a todos os seres humanos. Somente os que estão atentos conseguem percebê-lo. Os surdos também são cegos e insensíveis aos apelos de Deus [...] Decidiu saber quem o é? Resolveu-se pelo autoconhecimento? Prepare-se para o inusitado. Desfaça-se de qualquer imagem ou noção que tenha a respeito de si próprio. Não gere expectativas e entregue-se ao seu Deus. Fique atento com fé e humildade. Aguarde, que o seu Deus providenciará [...] Em qualquer situação, o outro é sempre um enviado de DEUS, para o sábio. O sábio está atento aos espelhos e aos reflexos internos e externos que se dispõem em toda relação horizontal entre os homens. Investiga e busca o quê DEUS quer, ali naquele momento e através daquele ser [...] Aquele que não sabe quais os propósitos de Jesus, Yogananda, Gautama, Babaji, São Francisco, Trigueirinho, Krishna ou Sathya Sai Baba para a vida humana é o mesmo que nunca investigou qual a verdadeira função de uma cadeira ou de uma mesa em sua casa. É um desatento, um desavisado, um cego. Não possui sentidos para a vida maior e permanece ignorante diante do que primordialmente importa [...] Gautama instruía a humanidade sobre a atenção plena no pensamento correto, na fala correta e na ação correta. Jesus instruía sobre o ‘orai e vigiai’. Ambos estimulavam a humanidade rumo ao autoaperfeiçoamento [...] A projeção da mente ao futuro deve ser acolhida de forma amorosa, quando desprovida de desejos. É da natureza mental o deslocamento da sua consciência pelas vias aferentes do tempo-espaço. Porém, é preciso estar atento como esta condução está se manifestando, quais os impulsos e as intenções criativas que preparam a geração de respostas futuras [...] A mente humana considera que o ser está sempre indo a algum lugar em um ponto futuro, uma verdade para ela. Porém, esta é uma ilusão espaço-temporal da sua parte concreta. Em verdade, o ser humano sempre está em algum lugar no eterno agora, numa dimensão mais elevada da consciência. É esta a consciência superior sutil abstrata que corrige a ilusão concreta. A prática da atenção plena impulsiona a elevação da consciência à inclusão e incorporação do momentum do eterno presente desta dimensão superior. Um sábio se estrutura a partir daí [...] Para aquele que se uniu à vida em coração, a própria vida arranja diversas formas de demonstrar o seu apoio e a sua unidade. Por vezes, são formas inusitadas. São conjunturas, coincidências, mensagens interpessoais, simbolismos, experiências místicas, sonhos, etc. O ser atento sempre capta a essência destes eventos em gratidão [...] Para quem anda atento e em silêncio interno, a natureza tem sempre um presente a oferecer.”  (Do livro “VIA TERRA, caminhos da luz”, Horácio Netho)










"Coma sabiamente – muitas comidas estão corruptas de formas sutis ou grosseiras. Dê atenção ao que você coloca dentro do seu corpo. Aprenda a preservar comida, e a conservar energia. Aprenda boas técnicas de respiração."  (Carlos Barrios, ancião Maia e Ajq'ij do clã da Águia)







“Atentai sobre vós mesmos, para que os vossos corações não se tornem pesados com o excesso do comer, com a embriaguez e com as preocupações da vida; para que aquele dia não vos apanhe de surpresa.”  (LU, 21:34)








A etimologia da palavra ‘INTELIGÊNCIA’ é composta por dois termos: intus = dentro e légere = escolher, recolher, ler. Desta forma, a verdadeira inteligência se desenvolve junto com a intuição, quando o homem aprende a ler a vida com a sua interpretação interna, virtude tão importante nos dias atuais em que a dinâmica excitante da vida externa nem sempre está oportunizando uma parada necessária para reflexões transcendentais. Uma alma humana terrestre madura está com o foco da sua consciência na leitura da vida interna, constantemente e em atenção plena, pois assim a sua inteligência sobre os eventos externos que estão acontecendo na Terra estará lhe direcionando o seu melhor destino [...] Quando você não estiver mais ouvindo as pessoas, mas estiver ouvindo Deus através das pessoas, então você terá compreendido a impessoalidade que a visão espiritual desperta requer à sua consciência."  (Horácio Netho










O Uso Correto do Tempo
Atenção ao Mundo Interior
Despertar p\ a Vigilância Nestes Tempos
(http://www.irdin.org.br/acervo/detalhes/11877)